Skip to content

Mulher ‘se torna a primeira a dar à luz em hospital com seu cão como “ajudante médico”‘

Mulher 'se torna a primeira a dar à luz em hospital com seu cão como "ajudante médico"'
Charlotte Beard, 24 anos, de Dorset, também tem problemas cardíacos e estresse pós-traumático, e já sofreu três abortos, dizem relatos

Uma mamãe de primeira viagem que sofre de convulsões não epilépticas se tornou a primeira no Reino Unido a dar à luz em um hospital ao lado de seu cão como um “auxiliar médico”.

Charlotte Beard, 24, de Dorset, também tem um problema cardíaco e estresse pós-traumático, e já sofreu três abortos, dizem os relatórios.

Seu fiel canino, Flump, que é um cão da raça Maltês de assistência multiuso, tornou-se seu companheiro há dois anos, e é treinado para detectar convulsões antes que elas aconteçam. Dizem que Charlotte ficou em trabalho de parto por 50 horas no Hospital Poole, enquanto Flump ficou ao seu lado durante todo o parto para que tomasse conta da mulher.

Então, seu primeiro filho, chamado Alfie, que supostamente pesava 1,8kg, nasceu no dia 4 de dezembro.

0 SDC MDG CHP 33320JPG
Charlotte, fotografada com seu parceiro Ash Pheonix ( Imagem: 
Charlotte Beard/Facebook)

Falando ao The Times, ela disse que Flump e Alfie eram ‘irmãos’, e acrescentou:

“Dizemos que Flump é como meu parceiro ou uma extensão de mim mesma. A ideia de fazer um momento tão importante na minha vida, também um ponto tão vulnerável, sem Flump ao meu lado simplesmente não parecia ser a coisa certa.”

Charlotte e seu namorado Ash Pheonix, 29, já sofreram três abortos e Flump sempre ofereceu apoio durante toda a provação do casal.

Quando ela foi levada ao hospital para o parto no início de dezembro, Flump ficou ao seu lado, ocasionalmente sentado mais perto dela.

Seu parceiro Ash garantiu que ele era levado em pausas regulares para comer e para ir passear.

0 SDC MDG CHP 33321JPG
Foi um médico que sugeriu charlotte tentar encontrar um cão de assistência para ajudar a construir sua confiança ( Imagem: 
Charlotte Beard/Facebook)

Charlotte disse:

“Ele estava lá para o trabalho como planejado e só ficou longe de mim durante suas pausas programadas e durante a cesariana. Ele já está absolutamente encantado com seu irmão mais novo.”

Após o nascimento, ela, juntamente com Alfie e Flump, ficaram no hospital por cinco dias para serem submetidos a exames de rotina.

Agora, ela quer ver a política de cães de assistência médica sendo permitida em mais hospitais, e disse:

“Você não pediria a alguém para ir ao hospital sem sua cadeira de rodas, então, enquanto for razoável, um cão de assistência tem o direito de atender e ajudar o seu tutor.”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pinterest
Pinterest

Curso de Auxiliar Veterinário

totalmente online

O Brasil é o segundo principal mercado pet do planeta. Um mercado bilionário que precisa cada vez mais de profissionais.

Como Auxiliar Veterinário você pode trabalhar em Lojas Pets, Banho e Tosa e muito mais e o salário pode chegar à: R$ 2.241,98!

Duração do curso: Até 60h

  • Certificado incluso
  • Curso completo em vídeo aulas

Faça o curso do seu computador, celular ou tablet, direto de sua casa!