Quais são os Vegetais que cães não podem comer petpedia

Os Cachorros podem comer vegetais?

Alguns vegetais são seguros para os cães comerem e podem até ser muito benéficos quando misturados em seus alimentos ou alimentados como um petisco. Além disso, alimenta-los com alguns vegetais pode ajudar a manter um peso saudável e aumentar o sistema imunológico do seu cão. E como os cães são onívoros como nós, eles precisam mais do que apenas carne em sua dieta para garantir que eles tenham o equilíbrio adequado de nutrientes e vitaminas.

No entanto, alguns vegetais contêm produtos químicos que não interagem bem com o sistema digestivo do cão, podendo levar ao envenenamento ou morte. E mesmo que os vegetais não sejam considerados venenosos para cães, eles ainda podem não ser a escolha ideal para alimentar seu filhote.

Vegetais que Cães não podem comer

Aspargos

Os Aspargos não são tóxicos e podem ser dados para os cães apenas se forem adequadamente preparados.

Se você alimentar seu cão com aspargos crus, é melhor cortá-lo em pedaços menores para evitar riscos de asfixia. No entanto, aspargos são difíceis de digerir e podem causar perturbação do sistema Gastrointestinal, incluindo, gás, vômito ou diarreia. Se você optar por alimentar seu cão com aspargos, cozinhe-os primeiro com pouca ou nenhuma gordura. Fazer no vapor ou grelhar é o melhor.

Se você cultivar aspargos, note que a parte da samambaia da planta é considerada tóxica para os caninos, por isso deve ser mantida fora do alcance de filhotes curiosos.

Cogumelos

Alguns cogumelos são incrivelmente tóxicos para os cães, embora não todos. Essencialmente, se um cogumelo é considerado tóxico para os seres humanos, ele também é tóxico para cães. Cogumelos comprados em lojas são considerados seguros para cães comerem e até mesmo têm vários benefícios para a saúde. Mas é melhor evitar cogumelos selvagens a menos que você tenha 100% de certeza de que eles não são tóxicos.

Cebola e outras espécies de Allium

Todos os tipos de cebolas contêm um alcaloide, dissulfeto de N-propyl, que é tóxico para os cães. Além disso, outras espécies de Allium, como alho-poró, alho e cebolinha, também contêm o mesmo alcaloide tornando-os igualmente perigosos para cães. Todas as partes dessas plantas também são venenosas, mesmo que cozidas ou desidratadas.

A toxicidade em cães pode ocorrer com apenas 100 gramas de cebola em um cão de 44 quilos, por isso não seria preciso muito para afetar cães menores. A toxicidade pode causar danos oxidativos aos glóbulos vermelhos, causando até mesmo a ruptura deles.

Além disso, algumas raças de cães são mais sensíveis a este alcaloide do que outras. De acordo com a Universidade Estadual do Colorado, as raças Akita e Shiba Inu são mais suscetíveis a essa toxina específica.

Sinais de envenenamento:

  • Mudança de pulso, aumentada ou fraca
  • Anemia
  • Aumento da taxa respiratória
  • Letargia
  • Mucosa Pálida
  • Urina de cor marrom-vermelha escura

Couve-de-bruxelas

Embora não seja tóxica, a Couve-de-bruxelas pode causar perturbação digestiva, principalmente na forma de gás e inchaço. No entanto, se dada com moderação, os brotos de Bruxelas são muito saudáveis e contêm pouco açúcar, por isso são uma excelente escolha para cães com problemas de peso, desde que não estejam preparadas com gorduras.

Tomates

Tecnicamente, os tomates são frutas, mas são comumente referidos como sendo vegetais. Tomates maduros são seguros, embora sejam mais ácidos, o que pode causar perturbação Gastrointestinal.

No entanto, os tomates verdes contêm solanina, embora a menos que consumidos em excesso, não resultará em toxicidade. Mas os tomates verdes causarão problemas de saúde digestivos significativos, incluindo vômitos e diarreia. Além disso, em casos graves de intoxicação por solanina cães podem experimentar letargia, fraqueza e confusão.

Outros vegetais da família, semelhantes aos tomates que contêm solanina, são berinjela, pimentão e pimentas caienas.

Batata

Batatas cozidas podem ser bons para os cachorros e são frequentemente encontrados em alimentos e guloseimas comerciais. No entanto, as batatas cruas contêm níveis mais altos de solanina, tornando-as uma má escolha para dar ao seu cão. Cozinhar as batatas reduz o teor de solanina, tornando-as seguras para o consumo do seu cão.

Além disso, as plantas de batata e batatas verdes contêm altos níveis de solanina. As batatas verdes são conhecidas por causar problemas de toxicidade até em humanos.

Abacate

Os abacates contêm uma toxina fungicida, persina, que pode causar problemas de saúde significativos em cães, incluindo a morte. Embora a persina seja única, alguns cães são um pouco resistentes à essa toxina. Dito isso, não vale a pena o risco de descobrir que seu cão é sensível à persina, por isso é melhor evitar dar abacates aos cães.

Além disso, mesmo que seu cão não seja adversamente impactado pela persina, o caroço do abacate traz um risco enorme de asfixia.

Beterraba

Outro vegetal não tóxico, mas se crua, pode causar perturbação Gastrointestinal, incluindo obstrução, devido à sua natureza sólida. Além disso, a beterraba também tem sido associada com pedras na bexiga, por isso, se o seu cão é propenso a pedras na bexiga ou outros problemas de bexiga, é melhor evitar beterrabas. Finalmente, beterrabas como tomates são ácidas e podem causar problemas, tornando-os uma escolha ruim para cães com estômagos sensíveis.

Repolho

Embora improvável estar na lista de alimentos favoritos do seu cão, o repolho é seguro, mas pode causar gás e inchaço. Além disso, o repolho contém tiocianato, e quantidades significativas podem impactar negativamente a glândula tireoide resultando em hipotireoidismo.

Vegetais que os Cães podem comer

Se você está procurando vegetais seguros para compartilhar com seu canino, algumas ótimas opções incluem:

Feijão Verde, Abobrinha, Espinafre, Brócolis – Podem ser dados cozidos ou congelados. E eles são baixos em açúcar, tornando-os uma excelente escolha para cães com problemas de peso.

A maioria dos cães não gosta de espinafre cru, mas adicionando espinafre cozido, a comida fica cheia de nutrientes.

Cenouras e Ervilhas Verdes – Também podem ser dadas cruas, cozidas ou congeladas, embora tenham mais açúcar. Por isso, se o seu cão tem problemas de peso, dê com moderação.

Conclusão

Muitos cães desfrutam de muitas variedades em suas dietas, e vegetais são uma excelente opção de baixa caloria e uma ótima maneira de impulsionar no seu cão a ingestão de vitaminas e nutrientes. Além disso, os vegetais são uma excelente escolha para aumentar a proporção de fibras, especialmente para cães que procuram perder peso ou combater a prisão de ventre.

No entanto, existem alguns vegetais que os cães não podem comer por causa da toxicidade ou outros possíveis efeitos adversos, como perturbação do Sistema Gastrointestinal, riscos de asfixia e obstruções. Mas se você escolher vegetais seguros, eles podem ser grandes aliados de uma alimentação saudável para o seu canino.

Por: Jessica Mabie

Qual a sua Reação?
+1
1
+1
0
+1
0
+1
1
+1
0
+1
0
+1
0

COMPARTILHE ESSE POST

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *